Arquivo de etiquetas: concursos

finalistas do Prémio de Jornalismo Fernando de Sousa

Das 43 candidaturas recebidas para a primeira edição do Prémio de Jornalismo Fernando de Sousa, foram nomeadas como finalistas 8 peças para as duas categorias: 2 nomeadas na categoria «Estudante» e 6 nomeadas na categoria «Jornalista».

Este prémio, promovido pela Representação da Comissão Europeia em Portugal, homenageia o jornalista Fernando de Sousa e reconhece trabalhos informativos de excelência sobre assuntos europeus, publicados ou difundidos num meio de comunicação social português entre 9 de maio de 2016 e 14 de janeiro de 2017.

Nomeados – Categoria Estudante

  • “Chefe de Representação da Comissão Europeia em Portugal fala à RUC”, Rádio Universidade de Coimbra.
  • “O «bicho-papão» não mora aqui”, ComUM

Nomeados – Categoria Jornalista

  • “Portugal 2020”, Expresso
  • “Indesejados”, TVI
  • “Pessoas como nós”, Rádio Renascença
  • “Portugal estendeu os braços. E isso chega?”, Público
  • “Mundo Novo”, TSF
  • “«La Petite École»”, Antena 1

No âmbito do respeito pela liberdade e pelo pluralismo da comunicação social, a Representação da Comissão Europeia em Portugal lançou a primeira edição do Prémio de Jornalismo Fernando de Sousa em 2017, uma homenagem a um dos grandes jornalistas portugueses perito em assuntos europeus.

Comissão Europeia lança edição de 2017 do Prémio da União Europeia para Mulheres Inovadoras

13 Setembro 2016
Está aberto o concurso para o Prémio da União Europeia para Mulheres Inovadoras de 2017, que reconhece as mulheres empreendedoras que de forma bem-sucedida trouxeram inovações para o mercado. Carlos Moedas, o Comissário europeu para a Investigação, Ciência e Inovação, disse: «O Prémio da UE para Mulheres Inovadoras destaca apenas algumas das muitas mulheres que contribuíram para a economia europeia do conhecimento. As vencedoras anteriores alcançaram proezas consideráveis em áreas tão diversas como a imunologia, as telecomunicações e o desenvolvimento de software. Esperamos que estes prémios possibilitem às vencedoras continuar o respetivo percurso de inovação e encorajem outras mulheres a seguir os passos destas empreendedoras extraordinárias.» Este ano, o concurso também está aberto a mulheres de qualquer nacionalidade que vivam num país europeu, que tenham fundado ou cofundado uma empresa com um volume de negócios igual ou superior a 100 000 euros. Para evidenciar a nova geração, a edição de 2017 irá também apresentar a categoria de Inovadora Emergente para empreendedoras com idade inferior a 35 anos.