Crianças da União Europeia em idade escolar vão receber leite, fruta e verduras

2017-07-31

O novo regime escolar de distribuição de fruta, verduras e leite entrará em vigor em 1 de agosto e será aplicado em toda a União a partir do primeiro dia do ano letivo de 2017/2018.

Tendo por objetivo promover hábitos alimentares saudáveis entre as crianças, inclui a distribuição de fruta, de verduras e de produtos lácteos, bem como programas educativos específicos para ensinar aos alunos a importância de uma boa nutrição e explicar como os alimentos são produzidos.

Este regime único aglutina e otimiza projetos existentes que, no ano passado, chegaram a mais de 20 milhões de crianças. A participação é opcional, embora os 28 Estados-Membros tenham indicado que participarão na iniciativa no ano letivo de 2017/2018.
Para Portugal destina-se uma ajuda da UE, para o ano letivo de 2017/2018, de 3 283 397,00€ para distribuição de fruta e verduras nas escolas e de 2 220 981,00€ para distribuição de leite nas escolas. Continuar a lerCrianças da União Europeia em idade escolar vão receber leite, fruta e verduras

Novo programa humanitário para integração de refugiados na Grécia

A Comissão Europeia anunciou hoje uma nova série de projetos de apoio de emergência, no valor de 209 milhões de euros, para ajudar os refugiados na Grécia.

Tal inclui o lançamento do programa emblemático «Apoio de Emergência à Integração e Alojamento» (ESTIA) com o objetivo de ajudar os refugiados e suas famílias a arrendarem alojamento urbano e prestar-lhes assistência pecuniária. Esta iniciativa assinala uma mudança comparativamente aos projetos humanitários anteriores, que prestavam apoio para alojamento em campos e abastecimento direto.

Os contratos ESTIA foram anunciados pela Comissão e pela Agência das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR). Os financiamentos hoje anunciados vêm juntar-se aos 192 milhões de euros objeto de contratos em 2016 por intermédio do Instrumento de Apoio de Emergência da UE, elevando assim, para mais do dobro, o apoio de emergência à Grécia, que totaliza um valor de 401 milhões de euros. No total, através de várias formas de financiamento, a União Europeia mobilizou mais de 1,3 mil milhões de euros de apoio (até 2020), a fim de ajudar a Grécia a gerir os fluxos migratórios e as fronteiras externas.

O programa ESTIA, que dispõe de um orçamento de 151 milhões de euros, é composto pelas seguintes vertentes:

  • Arrendamento de alojamento para um máximo de 30 000 pessoas
  • Assistência pecuniária para permitir aos refugiados satisfazerem as suas necessidades básicas

Um Centro de Informação que atua como intermediário entre os cidadãos e a União Europeia ao nível local

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com