Inovação da UE

O desempenho da UE em matéria de inovação no ano passado continuou a melhorar, não obstante os progressos observados de modo desigual em toda a Europa.

Esta foi uma das principais conclusões do último Painel da Inovação, publicado hoje pela Comissão Europeia. Regra geral, o desempenho da inovação melhorou em 15 países, embora com grandes diferenças entre eles. A Suécia continua a ser líder da inovação, enquanto a Lituânia, Malta, os Países Baixos, a Áustria e o Reino Unido apresentam o crescimento mais rápido da inovação. Numa perspetiva global, a UE está a recuperar o atraso relativamente ao Canadá e aos EUA, mas a Coreia do Sul e o Japão estão mais avançados. A China apresenta os progressos mais rápidos entre os concorrentes internacionais.