Consulta pública sobre Saúde e Cuidados no Mercado Único Digital

A Comissão Europeia lança uma consulta pública sobre a forma como a Europa deve promover a inovação digital no setor da saúde e dos cuidados, para benefício dos cidadãos e dos sistemas de saúde europeus.

Cidadãos, organizações de doentes, profissionais de saúde e de cuidados, autoridades públicas, investigadores, indústrias, investidores, seguradoras e utilizadores de ferramentas digitais no domínio da saúde são todos convidados a dar a sua opinião através do Inquérito da UE até 12 de outubro de 2017.

A consulta irá recolher informações sobre três pilares principais:

O acesso seguro dos cidadãos aos seus dados de saúde e a possibilidade de os partilhar além-fronteiras, esclarecendo os direitos dos cidadãos e reforçando a interoperabilidade dos registos de saúde eletrónicos na Europa;
A conectividade e a partilha de dados e conhecimentos especializados para fazer avançar a investigação, para personalizar a saúde e os cuidados e para antecipar melhor as epidemias;
A utilização dos serviços digitais para promover a autonomização dos cidadãos e os cuidados integrados e centrados nas pessoas.

Os resultados desta consulta contribuirão para uma nova política de comunicação que deverá ser adotada até ao final de 2017, conforme anunciado na recente revisão da estratégia da Comissão para o Mercado Único Digital.

Empresa de Guimarães é exemplo de investimento da União Europeia

No dia 24 de julho, a Representante da Comissão Europeia em Portugal, Sofia Colares Alves, estará em Guimarães para explicar os benefícios do investimento europeu e para conhecer uma empresa que, com o apoio dos fundos europeus, conseguiu crescer e inovar  – a Critical Materials.

O financiamento e o contributo da União Europeia têm sido decisivos para que muitas empresas criem e mantenham empregos, ultrapassem desafios, cresçam, inovem e modernizem os seus modelos de negócio. Trata-se de uma aposta no crescimento económico do País, já concretizado em numerosos casos. A Critical Materials é um deles. Com sede no AvePark, nas Taipas (Guimarães), esta empresa resulta da transferência de conhecimento tecnológico a partir da Universidade do Minho. É composta por uma equipa de 25 investigadores e engenheiros que desenvolvem soluções para diferentes setores: aeronáutica, aeroespacial, energia e infraestruturas. Continuar a lerEmpresa de Guimarães é exemplo de investimento da União Europeia

Um Centro de Informação que atua como intermediário entre os cidadãos e a União Europeia ao nível local

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com